terça-feira, 20 de abril de 2010

Sacolas Plásticas?


As sacolas plásticas surgiram na década de 1950 como motivo de orgulho e status e hoje são UM dos nossos grandes problemas ambientais, pois elas demoram aproximadamente 300 anos para se diluírem no meio ambiente.
De acordo com o site Planeta Sustentável são produzidas aproximadamente 500 bilhões de unidades de sacolas plásticas no mundo a cada ano, e no Brasil, cerca de 1 bilhão de sacolas, o que atribui 66 sacolas por brasileiro e no total 10% de todo o detrito do país.

Após mais de 50 anos de imprescindível utilização e necessidade, criou-se inúmeras discuções ao redor da POLÊMICA antes MODA sacola plástica, que agora possivelmente será substituída pelas Eco Bags, uma sacola de pano que virou MODA MUNDIAL, que traz impresso com desdém "Eu não sou de plástico".

Aqui no Brasil, em alguns Estados como São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, tramitam alguns projetos de Lei para garantir a substituição das de plástico para as sacolas oxibiodegradáveis. O problema é que alguns técnicos dizem que o aditivo que faz com que o plástico se degrade em até 3 anos  continuaria contaminando o ambiente por causa dos catalisadores empregados, derivados de metais como níquel e manganês.

As grandes indústrias dizem que as sacolas pláticas são 100% recicláveis, práticas e ainda muito utilizadas pelos consumidores como sacos de lixo, apelam pela sua praticidade e se comprometem a fazer sacolas mais resistentes, enfim fazendo de tudo para não perder a sua clientela.


O que Fazer?

É muito difícil encontrar uma teoria 100% eficaz, o que sei é que qualquer coisa que tencionarem elaborar não adianta sem primeiramente a conscientização das pessoas.

Do que vale fazermos essa mudança e continuarmos comprando sacolas de pano e jogarmos no lixo, ou então trocarmos frequentemente de acordo com a moda e nos desfazermos dela sem nenhum cuidado e precaução.

Melhor seria avaliar antes de mudar.

Quantas coisas ditas boas já nos foram impostas e nós simplesmente aderimos?



Eu vou usar Ecobags sim em compras menores, idas aos supermercados rápidas e ocasionais, prometo deixar uma dentro da bolsa para economizar não só as sacolas de plástico, como também qualquer tipo de embalagem, mas ainda vejo a necessidade dos sacos nas compras do mês sim, não porque não dá para trazer umas 300 sacolas de pano de casa, até que daria, mas Eu sou uma das consumidoras que preciso destas sacolas. Os lixos recicláveis não necessitam (a meu ver) de vedação, mas como fazer com o lixo do banheiro e orgânico?
 

Enquanto não existe a certeza, porque não trabalhamos com a consciência fazendo reciclagem e usando a sacolas somente quando devidamente necessárias, sem descartá-las indevidamente?

Related Posts :



13 comentários:

  1. Esse assunto é intrigante, pois as sacolas de plásticos que usamos nos supermercados esta sim no preço dos produtos. Primeira pergunta os produtos iram ficar mais baratos?
    Segundo as sacolas são usadas como saco de lixo e os supermercados pararem de oferecer essas sacolas o que vai ocorrer iremos ter de comprar sacos de lixo e o problema ambiental ira ficar na mesma.
    Temos que alem de ter sacolas de super mercados ecologicamente corretas temos que desenvolver sacos para lixo que não agridam o meio ambiente.

    ResponderExcluir
  2. Peço sua autorização para inserir as informações abaixo que podem ser de alguma valia. Obrigado. Eduardo Van Roost – RES Brasil – www.resbrasil.com.br

    Plásticos oxi-biodegradáveis são normalmente testados segundo a ASTM D6954-04 - Guia Padrão de Exposição e Testes de Plásticos - que degradam no meio ambiente por combinação de Oxidação e Biodegradação.
    Os testes de acordo com a ASTM D6954-04 informam à indústria e aos consumidores o que eles precisam saber - se o plástico é (a) degradável (b) biodegradável e (c) não eco-tóxico.
    Por: Gerald Scott, Professor Emeritus of Polymer Science at Aston University, UK; chairman of the BSI Committee on Biodegradability of Plastics; and chairman of the Scientific Advisory Board of the Oxo-biodegradable Plastics Association
    Fonte: http://www.packagingtoday.co.uk:80/story.asp?sectioncode=42&storycode=60706&c=3
    Outras informações sobre o assunto:
    http://www.rapra.net/consultancy/biodegradable-plastic.asp
    Enquanto isso, plásticos convencionais que não atendem nenhuma norma que ateste degradação, biodegradação e não eco-toxicidade são permitidos. Só queria entender...

    ResponderExcluir
  3. Eu não me preocupo muito com essa questão dos sacos plásticos, defeito que tenho que corrigir, mas separar os plásticos para reciclagem isso sim nós fazemos aqui em casa.

    ResponderExcluir
  4. Ai que legal fico muito feliz em saber!!!! E Obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  5. Eduardo Van Roost, obrigada pelas informações e pela visita. Fica os links para quem quiser se aprofundar mais no assunto!

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Concordo plenamente a respeito das sacolas pois é muito difícil encontrar uma teoria 100% eficaz como vc mesmo relatou!!
    A sacola é uma forma muito utilizada pelo homem e também muito prejudicial para o meio ambiente. Este serve de transporte para alimentos,mercadorias e objetos diversos. São práticos para o homem, porém péssimos para o ambiente.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Eu acho que a melhor solução é a implementação de sacolas oxibiodegradáveis, pois elas se degradam na natureza e ainda podemos utilizá-las para acondicionar o lixo doméstico.

    ResponderExcluir
  9. ainda tenho outra questão: muito se fala sobre "recolher a caca do seu totó", mas o que vejo por aí são pessoas usando 2 a 3 sacolas por passeio, e, como ninguém fica andando até achar lixeira e nem usa até encher,fica assim: 1 sacola com 1 coco no cantinho da calçada esperando a próxima chuva (sim porque o lixeiro ñ recolhe saquinhos pela calçada) para entupir bueiros e fossas, sendo que a chuva levaria o coco mais facilmente. e ainda digo mais, a maioria do coco é culpa do homem, pois tem muito cachorro de rua, e os pets devem fazer 2 ou 3 por passeio.

    ResponderExcluir
  10. Referente a sacolas com ToTó de cachorro, acho super válido o pensamento, e muito interessante, pois se a pessoa vai recolher os detritos que é uma atitude educada, porque não terminar o serviço e jogar no lixo ou então jogar no seu lixo do banheiro? Tem uma vizinha minha que leva uma bolsinha para isso, quando quer sair e não quer segurar a sacola com os detritos ela põe o coco na sacola de plástico e depois quando encontra um lixo joga, pois É muito chato você andar em locais onde possui um asfalto no cocô, cheira mal e ou é incoveniente demais pisar na caca e depois entrar no seu escritório de carpete na cor creme (EXEMPLO DE ONDE TRABALHO), vai ficar fedendo até o mês seguinte, risos, o ideal seria a pessoa que quer ter cachoro e andar nas vias públicas com ele ou em qualquer lugar recolher e jogar no lixo, afinal de contas já pegou que custa segurar mais um poucquinho?

    ResponderExcluir
  11. Oi visite o meu blog de design e meio ambiente e aproveite para conhecer o blog http://sindromemm.blogspot.cm contra testes em animais, obrigado.

    ResponderExcluir
  12. Olá

    Eu sou a Kinha do blog AMIGA DA MODA e também estou concorrendo ao prêmio TopBlog, na categoria VARIEDADES. Vim fazer uma proposta: “UM VOTO POR UM VOTO”. Eu voto em seu blog e vc no meu. Que tal a proposta?
    Gostei do se blog e estou te seguindo. Se gostar do meu, me siga também.
    Vou aguardar a sua visita.

    http://amigadamoda.blogspot.com

    Bjo

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?

    E sou Ricardo Rosa, sou responsável pela Produção online do Programa Avesso ( www.avesso.com.br ). Um programa onde você fica por dentro dos bastidores das ações de comunicação das principais marcas no Brasil.

    Fiz uma visita aqui no blog e queria dizer que o trabalho que vem desenvolvendo é ótimo e está de parabéns!!!

    Nós desenvolvemos parcerias com blogs de diversas áreas, como: comunicação, moda, design, sustentabilidade, esportes entre outros. Gostaríamos muito de ter você como parceiro do Programa Avesso.

    Se houver intresse, acesse o nosso site www.avesso.com.br , e assista aos nossos programas.

    Aguardo seu retorno!

    Um grande abraço.


    Ricardo Rosa
    ricardo@avessotv.com.br
    Tel. (11) 3578-0777
    ____________________
    www.avesso.com.br
    www.meadiciona.com.br/avessotv

    ResponderExcluir

Obrigada! Volte sempre!